14 de novembro, 2014

Walmart faz balanço de 5 anos do Pacto pela sustentabilidade

Em outubro, após cinco anos da assinatura do Pacto pela Sustentabilidade , o Walmart Brasil realizou um evento especial para apresentar os principais resultados do trabalho desenvolvido ao longo desse período.

Em outubro, após cinco anos da assinatura do Pacto pela Sustentabilidade , o Walmart Brasil realizou um evento especial para apresentar os principais resultados do trabalho desenvolvido ao longo desse período. Na ocasião, a empresa também distribuiu Relatório  com o balanço das ações e reconheceu iniciativas de 12 empresas (Bunge, Cargil, HP, Itambé, JBS, Naturale, Marfrig, P&G, Pilecco Nobre, Sony, Unilever e Whirlpool), que colocaram em prática soluções eficientes para gerenciar os impactos socioambientais dos negócios e replicáveis no mercado.

Entre as conquistas alcançadas está à criação de um sistema pioneiro de monitoramento capaz de garantir que a compra do insumo carne bovina do Bioma Amazônico, pelo Walmart Brasil, não provenha de áreas desmatadas, reserva indígena ou ainda que se utilizem de trabalho escravo.

Já com o Programa Sustentabilidade de Ponta a Ponta , envolvendo fornecedores, mais de 40 produtos foram submetidos à análise e redesenho em sua cadeia de produção, oferecendo artigos mais sustentáveis e de menor impacto ambiental no processo produtivo.

Entre os participantes do programa, de 100% de fosfato do composto de detergentes de lavanderia e cozinha; e um importante e relevante trabalho na redução de resíduos, com foco em sacolas plásticas.

Na outra ponta estão os desafios. Foram definidos para os próximos anos: o desenvolvimento do primeiro sistema de monitoramento da cadeia de pescado do Brasil; a promoção o desenvolvimento da agricultura familiar por meio do fortalecimento do Clube dos Produtores; e incentivar um número maior de empresas, independentemente do porte de negócios, a desenvolverem produtos mais sustentáveis.

O Pacto

O Pacto pela Sustentabilidade do Walmart Brasil surgiu em 2009, após um longo período de discussões envolvendo vários públicos de interesse e principalmente estudo. Com foco em compreender temas, abordagens e desafios para disseminar a sustentabilidade na cadeia produtiva, o Walmart promoveu, ao longo daquele ano, workshops intitulados Diálogos para a Sustentabilidade, com participação de empresas, governos, representantes do terceiro setor e acadêmicos. Esses encontros foram essenciais para a definição dos compromissos contemplados pelo Pacto, divididos nos pilares: Amazônia, Compras Responsáveis e Gestão de Resíduos.

4 Comentários

  1. faço tecnico e administração,e seio a importância dessa grande corrida contra o tempo,que é viver com qualidade,mas pra isso a sustentabilidade ambiental e muito nescessaria,e a sociedade tem que fazer sua parte,eu faço a minha.

  2. Seria importante considerar também a grande quantidade resíduos que o Walmart gera em suas lojas, na área de refrigeração e ar condicionado, decorrente do uso das substâncias controladas pelo Protocolo de Montreal ( fluido refrigerante ). As embalagens que transportam essas substâncias são consideradas resíduos perigosos porque, mesmos vazias, permanecem contidos nelas em torno de 1% a 5% do fluido refrigerante que só sai com utilização de equipamentos apropriados, Por esse motivo essas embalagens devem ser descartadas nas centrais de regeneração instituídas Ministério do Meio Ambiente, para seu tratamento adequado e certificação da destinação final. Mais informações no site http://www.crnnordeste.com .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas <strong>Notícias</strong>