Clube dos Produtores

logo-clube-produtores-nova

Conheça o programa que há 10 anos dá especialmente a pequenos e médios fornecedores acesso ao grande varejo, e a clientes, acesso a produtos de qualidade superior e produção mais sustentável.

infografico-produtores
Peixaria Peixes, crustáceos e moluscos de cativeiro. 57 itens icone
Açougue Carnes especiais e embutidos. 74 itens icone
Padaria Biscoitos, doces, cucas e ingredientes. 99 itens icone
Mercearia Sucos, conservas, geleias, palmitos, açúcar mascavo, mel, cereais e derivados. 144 itens icone
Fiambreria Embutidos, salgados, defumados, doces artesanais, passas, conservas, queijos variados e massas artesanais. 195 itens icone
Hortifruti Frutas, legumes, verduras, flores, chás, cogumelos, frutas secas e amêndoas. 480 itens icone

Conheça os depoimentos de quem faz parte do programa

  • "Dobramos de tamanho em 4 anos"

    marcacao-clube-novo

    A água límpida com que os Barbosa de Campos lavam a produção que colhem de seu 1,5 hectare de horta, em Guaúba (RS), vem de poço artesiano. Dali é recolhida e enviada para os açudes. Dos açudes, vai para a irrigação da horta. "Nada vai fora", diz com entusiasmo Adriane Barbosa de Campos, que trabalha na propriedade com o marido Itamar. O esterco serve de adubo. Não há uso de agrotóxicos. A correção do solo se faz com calcário. E o resultado são vistosos espinafres, alfaces, rúculas, rabanetes, cebolinhas, couves e outros itens (no total, 18) que entregam diariamente na loja Nacional (bandeira do Walmart Brasil) da cidade.

    Tudo começou quando o casal percebeu que seus produtos eram mais bonitos que os oferecidos nos supermercados. Procuraram o Nacional dizendo que queriam ser fornecedores. Em menos de uma semana, Ari Biondo, gerente comercial do Walmart e criador do Clube dos Produtores, avaliava a propriedade. "Foi um salto", diz Adriane. "Começamos a entregar a produção em fevereiro de 2009 e dobramos de tamanho. Dobrou a irrigação, a potência dos motores, o número de itens. Dobrou até o salário", conta ela, rindo.

    Adriane explica como isso foi possível: "Antes a gente ficava mais tempo na rua para vender, do que na lavoura. Agora a gente carrega o caminhão, entrega e já estã de volta para produzir. Sem perda de tempo ou produto." E hoje tem o filho Ítalo, 18 anos. Além de trazer mais dois braços fortes, trouxe conhecimento, formando-se técnico agrícola.

    Adriane e Itamar Barbosa de CamposAgricultores

Relatório de Sustentabilidade

Cadastre-se

Nome: Email: