24 de janeiro, 2017

Aproveite o Carnaval sem abrir mão da sustentabilidade

Separamos algumas dicas para os foliões e para quem vai curtir outra programação nesse período

O aumento da quantidade de lixo produzido no Carnaval agrava a situação dos aterros e lixões, causa graves impactos no meio ambiente e gera um alto custo extra de coleta para as prefeituras, pago com recursos públicos. É possível tanto para o folião quanto para quem vai curtir uma programação mais tranquila, aproveitar a festa de Carnaval e também ter atitudes sustentáveis.

Segundo a diretora executiva do Instituto Akatu Renata A. Soares, em todas as situações devemos refletir sobre os nossos comportamentos e optarmos por atitudes que nos proporcionem bem-estar, mas que ao mesmo tempo, sejam conscientes em relação ao consumo de bens e serviços, uso de água, descarte de lixo, entre outros aspectos que fazem parte do nosso dia a dia. Seguem algumas recomendações feitas pelo Instituto Akatu:

Reutilize sua fantasia

Você já parou para pensar que, para confeccionar uma fantasia, são utilizadas matérias-primas, água e energia em sua produção, além do transporte (que aumenta a emissão de gás carbônico no meio ambiente)? Que tal reutilizar, trocar com amigos ou reformar? Usando a mesma fantasia mais de uma vez, é possível diluir ao longo do tempo os impactos negativos ocorridos na produção dos materiais que compõem a vestimenta. Além disso, evita que ela seja jogada fora e, assim, aumente a quantidade de lixo produzido desnecessariamente.

Respeite a cultura local

Viajar é sempre muito enriquecedor, em termos de cultura e conhecimento, além de proporcionar o descanso. O turismo pode ser ainda mais gratificante quando respeitamos os costumes dos lugares visitados e prestigiamos a cultura e economia locais. Assim, você contribui para o desenvolvimento da região visitada.

Jogue o lixo no lixo

Já pensou se todos os que estiverem nos blocos, desfiles e bailes jogarem papéis, copos, embalagens de bebidas e tudo o mais nas ruas? O lixo acumulado nas calçadas entope os bueiros e aumenta o risco de enchentes. Nas estradas, os detritos jogados nos acostamentos agridem e colocam em risco o meio ambiente e os animais. Nas praias, o lixo se espalha pela orla, vai parar no fundo do mar e, além de contaminar a água e consequentemente fauna e flora que nela vivem, seu recolhimento é muito trabalhoso. Você pode evitar estes impactos se levar consigo um saquinho para guardar seu lixo, até encontrar um local apropriado para o descarte. Respeite o espaço público e o meio ambiente. E evite desperdício de comida e bebida, que gera mais resíduos.

Recicle

Ao reciclar uma latinha de alumínio – de refrigerante ou de cerveja – você possibilitará a economia de 95% da energia elétrica usada para produzir uma latinha a partir do minério. De um modo geral, para produzir uma matéria-prima a partir de uma embalagem reciclada é necessário muito menos energia elétrica do que se ela for feita a partir do recurso natural virgem. Por isso, separe e envie para coleta seletiva todas as embalagens de plástico, vidro, metal, além de todo papel que for gerado nas suas festas de carnaval. Além da economia de energia elétrica e outros recursos naturais usados na sua produção, menos lixo será gerado, ocupando assim menos volume nos aterros sanitários.

Economize água

Vários municípios brasileiros estão com sérios problemas de escassez de água por conta da estiagem severa. Por isso, sempre é hora de poupar água, seja na cidade onde você mora ou na visitada durante os dias de Carnaval. O consumidor consciente pode redobrar os cuidados com os desperdícios, tomando banhos mais curtos e aproveitando o calor para desligar o chuveiro caso demore ao se ensaboar ou lavar os cabelos.

Desconecte-se

Antes de viajar ou sair de casa por períodos prolongados, recomenda-se tirar os aparelhos elétricos e eletrônicos da tomada, tais como televisão, DVD, micro-ondas, computador e carregador de bateria, a fim de economizar energia. O modo “stand by” – acionado quando o aparelho está desligado, mas conectado à rede elétrica pela tomada – faz com que o aparelho continue consumindo energia, representando uma média de 12% do consumo de uma casa. Melhor esbanjar energia apenas nas comemorações!

Faça uma revisão no seu carro

Na época do Carnaval, o tráfego nas estradas é intenso. Por isso, aumenta o risco de acidentes, além da emissão de poluentes. O consumidor pode se organizar para viajar com o maior número possível de pessoas no carro, diluindo os impactos da viagem. Outra recomendação do Instituto Akatu é fazer uma revisão geral no veículo, incluindo a regulagem do motor e calibragem dos pneus. Isso reduz consideravelmente o consumo de combustível e assim, a emissão de gases de efeito estufa, além de trazer mais segurança para você, sua família ou amigos. Também é possível programar a saída de casa em horários de menos trânsito, reduzindo desta forma o tempo em marcha lenta e emissão maior de carbono.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Viver Melhordsa